top of page

Pesquisadores

Como ter acesso aos dados do SHIP BRAZIL

1º Passo

Enviar e-mail para o Comitê Gestor de Dados (cgd_shipbrazil@furb.br) com Documento de Solicitação de Acesso a Dados e/ou Amostras bem como sua Proposta de Pesquisa onde conste título, equipe de pesquisa, resumo, introdução, justificativa, hipóteses, objetivos (geral e específicos), materiais e métodos (com descrição de cada uma das variáveis solicitadas conforme o dicionário de variáveis SHIP-Brazil), prazo de realização e referências bibliográficas. Esse projeto deve ser sucinto e objetivo com no máximo 4 laudas. Também deverá ser apresentado, separadamente, um abstract (em inglês) onde conste introdução, objetivo e métodos com até 250 palavras.

2º Passo

Caso aprovado, o Comitê Gestor de Dados irá designar pesquisadores da equipe do estudo para participar do Projeto de Pesquisa. 

3º Passo

O projeto de pesquisa deverá então ser submetido ao Comitê de Ética em Pesquisas (Plataforma Brasil) com folha de rosto assinada pelo Prof Ernani Santa Helena autorizando o acesso aos dados.

4º Passo

Encaminhar o documento de aprovação do CEP para o Comitê Gestor e o Formulário de Solicitação de Dados com a lista das variáveis solicitadas. Esse encaminhará ao Comitê de Controle de Qualidade que providenciará os dados solicitados. 

5º Passo

Será enviado ao coordenador da pesquisa e demais participantes Termo de Responsabilidade de Uso de Dados e Amostras para assinatura.

6º Passo

Após assinatura do Termo, os dados e/ou amostras serão fornecidos

Dicionário de Dados

Âncora 1

Artigos Publicados

  • Ganho certificado de comparecimento?
    Para os participantes e acompanhantes que trabalham será concedido um certificado de comparecimento para apresentar à empresa, informando o dia e o período em que realizaram ou acompanharam os exames. *Importante lembrar que não é um atestado médico, e sim atestado de comparecimento.
  • Recebo alimentação?
    Sim, recebe um lanche (gratuito) no decorrer dos exames. Se possuir alguma restrição alimentar não se preocupe, receberá um lanche que atenda a sua restrição. Também pode preferir levar seu lanche.
  • A que horas devo estar no Centro de Exames?
    Como não existe fila de espera é importante que chegue às 07:00 horas para evitar atrasos.
  • Sou obrigado(a) a fazer todos os exames?
    Não, o participante escolhe quais exames que deseja fazer. Também pode desistir de algum exame a qualquer momento sem problema algum.
  • Onde ficarão minhas roupas e pertences?
    As roupas e pertences ficarão em armário trancado. Solicitamos não levar objetos de valor como jóias, relógios, dinheiro etc.
  • Como é realizado o Controle de Qualidade?
    As entrevistas e exames foram protocolados com base nos Procedimentos Operacionais Padrão (POP) que foram desenvolvidos aos cuidados dos pesquisadores que utilizaram como base o POP do SHIP da Alemanha. Os entrevistadores receberam capacitação teórica e prática para a realização das entrevistas sob os cuidados dos supervisores e coordenadores.Os examinadores em conjunto com os pesquisadores da equipe alemã e especialistas, foram submetidos a capacitação teórica e prática para a realização de todos os exames.Todos (entrevistadores e examinadores) são certificados pelos supervisores.
  • Quais são os princípios éticos?
    O Projeto Vida e Saúde em Pomerode cumpre com todos os requisitos éticos necessários para realizar uma pesquisa científica com seres humanos como a participação voluntária, privacidade dos participantes, confidencialidade de informações e aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da FURB (Universidade Regional de Blumenau). Os resultados das medidas e exames que necessitarem de avaliação clínica serão entregues aos participantes, assim como esclarecimentos sobre todas as informações coletadas. Caso algum participante apresente algum problema que exija atendimento de urgência/ emergência durante a passagem pelo Centro de Exames, ele será encaminhado à unidade de saúde especificada da cidade. Os dados obtidos nas entrevistas e exames do estudo serão arquivados sem identificação nominal e utilizados exclusivamente para análise científica. Apenas pesquisadores envolvidos no projeto terão acesso permitido às informações, o que garante a confidencialidade destes dados.
  • Como ir vestido(a)?
    Com um calçado que seja fácil de retirar. As mulheres devem levam um top ou parte de cima de um biquíni ou sutiã.
  • O que devo levar no dia do exame?
    Levar carteira de identidade, cartão do SUS, carteira de vacinação, caixas, cartelas e receitas de medicamentos que usou nas 2 últimas semanas.
  • Como será
    Inicialmente os participantes serão contatados por telefone ou por visita domiciliar para atualização cadastral e agendar visita ao Centro de Exames. Lá serão apresentados cada um dos exames e poderão escolher quais entrevistas/exames concordam em fazer. A seguir, serão entrevistados sobre diversos temas gerais como como alimentação, sono, trabalho, lazer, vida social, assistência à saúde, além das suas condições de saúde de maneira bem ampla, envolvendo aspectos clínicos e funcionais, saúde bucal e saúde mental. Além das entrevistas, aqueles que concordarem realizarão exames de medidas corporais, funcionais, saúde cardiovascular e pulmonar e saúde bucal. Serão também coletadas amostras de sangue, urina. Nossa preocupação com a qualidade
  • Exames
    Em breve
  • Sobre
    Essa etapa da pesquisa será o segundo contato com os participantes, uma oportunidade de revisar suas condições de vida e de saúde cerca de 8 anos após o primeiro exame. Os exames estão previstos para começar em junho de 2024.
  • Avaliação de Saúde
    Entrevistas: • Condições Gerais de Vida, Trabalho e Lazer • Estilo de Vida • Consumo Alimentar • Condições Gerais de Saúde • Acesso e Qualidade da assistência à saúde • Condições de Saúde Bucal • Qualidade de Vida e Saúde Mental
  • Onde será
    Em breve.
  • Exames
    • Bioimpedância • Medidas antropométricas • Exame de saúde bucal • Medidas de frequência cardíaca e pressão arterial • Eletrocardiograma • Ultrassom de carótidas • Análise de onda de pulso e índice tornozelo-braço • Ultrassom de fígado • Ultrassom de tireoide • Espirometria (função do pulmão) • Hand grip (aperto de mão) • Time up and go (teste de levantar e caminhar) • Exame preventivo de colo uterino (mulheres) • Medida de atividade física (acelerômetro) • Avaliação nutricional (Questionário de Frequência Alimentar) • Avaliação de Saúde Mental • Coleta das amostras de material biológico como sangue, urina, fezes, saliva, secreção nasal e secreção vaginal (mulheres) e saburra lingual. • Exames de hemograma completo, urina parcial, parasitológico de fezes, pesquisa de sangue oculto nas fezes, glicemia jejum e pós-sobrecarga de glicose (TTOG), hemoglobina glicada, perfil lipídico (colesterol e triglicerídios), creatinina, Gama Glutamil Transpeptidase (Gama GT), Alanina aminotransferase (ALT), Transaminase glutâmico-oxalacética (AST) e Tempo de Protrombina (TAP). • Entrevistas: Identificação do voluntário; Perguntas sobre dor; Doenças do coração e circulação; Claudicação; Diabetes; Consumo de Serviços de Saúde; Uso de medicamentos; Lista de doenças crônicas; Doenças pulmonares; Consumo de álcool; Consumo de tabaco; Socioeconômico; Doenças da tireoide; Atividade corporal; Sintomas digestivos; Doenças infecciosas; Sono; Riscos Ocupacionais; Acidentes, lesões; Questões femininas.
  • Sobre
    A coleta de dados da linha de base ocorreu entre os anos de 2014 e 2018. Foram coletados dados de 2.488 participantes.
  • Equipe
  • Como foi
    Inicialmente houve contato telefônico e visita domiciliar. Muitas pessoas não nos conheciam e viam com desconfiança a pesquisa. Mas muitas pessoas receberam os entrevistadores em suas casas, obtiveram mais detalhes sobre a pesquisa, tiraram dúvidas e aceitaram participar. Nessa entrevista foram aplicados alguns questionários sobre condições sociais e demográficas, hábitos de vida e histórico de saúde. Ao final da entrevista os participantes marcavam uma data para realizar os exames no Centro de Exames em Blumenau. Os participantes chegavam ao Centro de Exames por volta das 6:30h. Lá, cada um dos exames era apresentado e os participantes escolhiam aqueles que aceitavam fazer. No total, a sequência de exames durava cerca de seis horas. Todos as pessoas examinadas recebiam um lanche e os resultados dos exames eram enviados para a posto de saúde da família. Importante mencionar que as entrevistas e os exames foram realizados por pessoal treinado e certificado por pesquisadores da FURB e da Universidade de Medicina de Greifswald (Alemanha).
  • Onde foi
    Algumas entrevistas foram realizadas na casa do próprio participante. Outras entrevistas e todos os exames foram realizados no Centro de Exames do SHIP-Brazil, no Hospital Universitário da FURB, no bairro Fortaleza Alta, em Blumenau. Os participantes podiam se deslocar até lá por meios próprios ou através de um transporte gratuito ofertado pela Prefeitura de Pomerode.
  • Associação entre transtornos mentais comuns e maus tratos na infância na população de Pomerode/SC - Estudo Vida e Saúde em Pomerode.
    Autora: Helena Medina Menezes Orientador: Prof° Dr° Carlos Nunes
  • Atividade física e espessura da artéria carótida em adultos de comunidade pomerana de Santa Catarina.
    Autora: Suhen de Liz Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Condição periodontal de pacientes portadores de diabetes mellitus e indicativo de desordens depressivas maiores.
    Autora: Ana Cristina Kovalik Orientador: Profº Drº Fabio André dos Santos
  • Baixa força muscular e fatores associados em idosos de dois estudos populacionais na Alemanha e no Brasil
    Autora: Karina Passero Orientador: Profº Drº Ernani Tiaraju de Santa Helena
  • Validação de um questionário de frequência alimentar para a população de Pomerode, SC.
    Autora: Graciella Chiarelli Orientadora: Profª Draª Luciane Coutinho de Azevedo Campanella
  • Maus tratos na infância e sintomas depressivos na idade adulta entre os participantes do estudo Vida e Saúde de Pomerode.
    Autor: Michele Zanella Orientador: Prof° Dr° Carlos Nunes
  • Comparação de métodos de estimativa do nível de atividade física em estudo populacional.
    Autora: Ana Lúcia Zemuner Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Relação da circunferência do pescoço com a força muscular relativa e os fatores de risco cardiovascular em pessoas ativas e sedentárias.
    Autora: Quelen Schutz Carvalho Bernardes Malafaia Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Atividade física e fatores associados em idosos: study of health in Pomerode - SHIP-Brazil
    Autora: Maiara Vargas Schmitt Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Desempenho funcional e estilo de vida de mulheres adultas e idosas: Estudo Vida e Saúde em Pomerode - SHIP-Brazil.
    Autora: Ana Paula Floriani Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Polifarmácia e padrão de utilização de medicamentos em Pomerode, SC
    Ernani Tiaraju de Santa Helena Vanessa Cristina de Oliveira Jéssica de Oliveira Ramos Neves Clique aqui para acessar este artigo.
  • Análise longitudinal da qualidade dos exames laboratoriais em um estudo de base populacional
    Anna Cecília Roncalio Caroline Galgowski Mayra Alice Corrêa Leonardo André Lange Celina Noriko Yamanaka Tatiani Karini Rensi Caio Mauricio M. de Cordova Clique aqui para acessar este artigo.
  • Avaliação da qualidade e da estabilidade de amostras de soro humano para análise e armazenamento em biorrepositório
    Leonardo André Lange Caroline Galgowski Anna Cecília Roncalio Fabiana Sehnem Grabriela Borgmann Caio Mauricio Mendes de Cordova Clique aqui para acessar este artigo.
  • O gerenciamento de enfermagem em projetos de pesquisa interprofissionais: relato de experiência
    Laís Carolini Theis Cláudia Regina Lima Duarte da Silva Clique aqui para acessar este artigo.
  • Evaluation of a new equation for LDL-c estimation and prediction of death by cardiovascular related events in a German population-based study cohort
    Ernani Tiarajú de Santa Helena Caroline Galgowski Vitor Holmo Figueira Gabrielle Bortoli Setter Marcello Ricardo Paulista Markus Carsten Oliver Schmidt Henry Völzke Till Ittermann Clique aqui para acessar este artigo.
  • Adaptação de um inquérito alimentar a ser utilizado em um estudo longitudinal a partir do contexto sociocultural de uma população de colonização alemã
    Ana Carolina Da Rosa Bruna Schmitz Graciella Chiarelli João Luiz Gurgel Calvet da Silveira Maria Urania Alves Luciane Coutinho de Azevedo Campanella Clique aquipara acessar este artigo.
  • Colonização por MRSA no projeto piloto do estudo SHIP-Brasil
    Jéssica Cristina Feldhaus Tatiane K. R. Botelho Celina N. Yamanaka Alesandro Conrado S. Oiliveira João Gurgel C. Da Silveira Caio Mauricio Mendes de Cordova Clique aqui para acessar este artigo.

Dissertações

  • Ganho certificado de comparecimento?
    Para os participantes e acompanhantes que trabalham será concedido um certificado de comparecimento para apresentar à empresa, informando o dia e o período em que realizaram ou acompanharam os exames. *Importante lembrar que não é um atestado médico, e sim atestado de comparecimento.
  • Recebo alimentação?
    Sim, recebe um lanche (gratuito) no decorrer dos exames. Se possuir alguma restrição alimentar não se preocupe, receberá um lanche que atenda a sua restrição. Também pode preferir levar seu lanche.
  • A que horas devo estar no Centro de Exames?
    Como não existe fila de espera é importante que chegue às 07:00 horas para evitar atrasos.
  • Sou obrigado(a) a fazer todos os exames?
    Não, o participante escolhe quais exames que deseja fazer. Também pode desistir de algum exame a qualquer momento sem problema algum.
  • Onde ficarão minhas roupas e pertences?
    As roupas e pertences ficarão em armário trancado. Solicitamos não levar objetos de valor como jóias, relógios, dinheiro etc.
  • Como é realizado o Controle de Qualidade?
    As entrevistas e exames foram protocolados com base nos Procedimentos Operacionais Padrão (POP) que foram desenvolvidos aos cuidados dos pesquisadores que utilizaram como base o POP do SHIP da Alemanha. Os entrevistadores receberam capacitação teórica e prática para a realização das entrevistas sob os cuidados dos supervisores e coordenadores.Os examinadores em conjunto com os pesquisadores da equipe alemã e especialistas, foram submetidos a capacitação teórica e prática para a realização de todos os exames.Todos (entrevistadores e examinadores) são certificados pelos supervisores.
  • Quais são os princípios éticos?
    O Projeto Vida e Saúde em Pomerode cumpre com todos os requisitos éticos necessários para realizar uma pesquisa científica com seres humanos como a participação voluntária, privacidade dos participantes, confidencialidade de informações e aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da FURB (Universidade Regional de Blumenau). Os resultados das medidas e exames que necessitarem de avaliação clínica serão entregues aos participantes, assim como esclarecimentos sobre todas as informações coletadas. Caso algum participante apresente algum problema que exija atendimento de urgência/ emergência durante a passagem pelo Centro de Exames, ele será encaminhado à unidade de saúde especificada da cidade. Os dados obtidos nas entrevistas e exames do estudo serão arquivados sem identificação nominal e utilizados exclusivamente para análise científica. Apenas pesquisadores envolvidos no projeto terão acesso permitido às informações, o que garante a confidencialidade destes dados.
  • Como ir vestido(a)?
    Com um calçado que seja fácil de retirar. As mulheres devem levam um top ou parte de cima de um biquíni ou sutiã.
  • O que devo levar no dia do exame?
    Levar carteira de identidade, cartão do SUS, carteira de vacinação, caixas, cartelas e receitas de medicamentos que usou nas 2 últimas semanas.
  • Como será
    Inicialmente os participantes serão contatados por telefone ou por visita domiciliar para atualização cadastral e agendar visita ao Centro de Exames. Lá serão apresentados cada um dos exames e poderão escolher quais entrevistas/exames concordam em fazer. A seguir, serão entrevistados sobre diversos temas gerais como como alimentação, sono, trabalho, lazer, vida social, assistência à saúde, além das suas condições de saúde de maneira bem ampla, envolvendo aspectos clínicos e funcionais, saúde bucal e saúde mental. Além das entrevistas, aqueles que concordarem realizarão exames de medidas corporais, funcionais, saúde cardiovascular e pulmonar e saúde bucal. Serão também coletadas amostras de sangue, urina. Nossa preocupação com a qualidade
  • Exames
    Em breve
  • Sobre
    Essa etapa da pesquisa será o segundo contato com os participantes, uma oportunidade de revisar suas condições de vida e de saúde cerca de 8 anos após o primeiro exame. Os exames estão previstos para começar em junho de 2024.
  • Avaliação de Saúde
    Entrevistas: • Condições Gerais de Vida, Trabalho e Lazer • Estilo de Vida • Consumo Alimentar • Condições Gerais de Saúde • Acesso e Qualidade da assistência à saúde • Condições de Saúde Bucal • Qualidade de Vida e Saúde Mental
  • Onde será
    Em breve.
  • Exames
    • Bioimpedância • Medidas antropométricas • Exame de saúde bucal • Medidas de frequência cardíaca e pressão arterial • Eletrocardiograma • Ultrassom de carótidas • Análise de onda de pulso e índice tornozelo-braço • Ultrassom de fígado • Ultrassom de tireoide • Espirometria (função do pulmão) • Hand grip (aperto de mão) • Time up and go (teste de levantar e caminhar) • Exame preventivo de colo uterino (mulheres) • Medida de atividade física (acelerômetro) • Avaliação nutricional (Questionário de Frequência Alimentar) • Avaliação de Saúde Mental • Coleta das amostras de material biológico como sangue, urina, fezes, saliva, secreção nasal e secreção vaginal (mulheres) e saburra lingual. • Exames de hemograma completo, urina parcial, parasitológico de fezes, pesquisa de sangue oculto nas fezes, glicemia jejum e pós-sobrecarga de glicose (TTOG), hemoglobina glicada, perfil lipídico (colesterol e triglicerídios), creatinina, Gama Glutamil Transpeptidase (Gama GT), Alanina aminotransferase (ALT), Transaminase glutâmico-oxalacética (AST) e Tempo de Protrombina (TAP). • Entrevistas: Identificação do voluntário; Perguntas sobre dor; Doenças do coração e circulação; Claudicação; Diabetes; Consumo de Serviços de Saúde; Uso de medicamentos; Lista de doenças crônicas; Doenças pulmonares; Consumo de álcool; Consumo de tabaco; Socioeconômico; Doenças da tireoide; Atividade corporal; Sintomas digestivos; Doenças infecciosas; Sono; Riscos Ocupacionais; Acidentes, lesões; Questões femininas.
  • Sobre
    A coleta de dados da linha de base ocorreu entre os anos de 2014 e 2018. Foram coletados dados de 2.488 participantes.
  • Equipe
  • Como foi
    Inicialmente houve contato telefônico e visita domiciliar. Muitas pessoas não nos conheciam e viam com desconfiança a pesquisa. Mas muitas pessoas receberam os entrevistadores em suas casas, obtiveram mais detalhes sobre a pesquisa, tiraram dúvidas e aceitaram participar. Nessa entrevista foram aplicados alguns questionários sobre condições sociais e demográficas, hábitos de vida e histórico de saúde. Ao final da entrevista os participantes marcavam uma data para realizar os exames no Centro de Exames em Blumenau. Os participantes chegavam ao Centro de Exames por volta das 6:30h. Lá, cada um dos exames era apresentado e os participantes escolhiam aqueles que aceitavam fazer. No total, a sequência de exames durava cerca de seis horas. Todos as pessoas examinadas recebiam um lanche e os resultados dos exames eram enviados para a posto de saúde da família. Importante mencionar que as entrevistas e os exames foram realizados por pessoal treinado e certificado por pesquisadores da FURB e da Universidade de Medicina de Greifswald (Alemanha).
  • Onde foi
    Algumas entrevistas foram realizadas na casa do próprio participante. Outras entrevistas e todos os exames foram realizados no Centro de Exames do SHIP-Brazil, no Hospital Universitário da FURB, no bairro Fortaleza Alta, em Blumenau. Os participantes podiam se deslocar até lá por meios próprios ou através de um transporte gratuito ofertado pela Prefeitura de Pomerode.
  • Associação entre transtornos mentais comuns e maus tratos na infância na população de Pomerode/SC - Estudo Vida e Saúde em Pomerode.
    Autora: Helena Medina Menezes Orientador: Prof° Dr° Carlos Nunes
  • Atividade física e espessura da artéria carótida em adultos de comunidade pomerana de Santa Catarina.
    Autora: Suhen de Liz Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Condição periodontal de pacientes portadores de diabetes mellitus e indicativo de desordens depressivas maiores.
    Autora: Ana Cristina Kovalik Orientador: Profº Drº Fabio André dos Santos
  • Baixa força muscular e fatores associados em idosos de dois estudos populacionais na Alemanha e no Brasil
    Autora: Karina Passero Orientador: Profº Drº Ernani Tiaraju de Santa Helena
  • Validação de um questionário de frequência alimentar para a população de Pomerode, SC.
    Autora: Graciella Chiarelli Orientadora: Profª Draª Luciane Coutinho de Azevedo Campanella
  • Maus tratos na infância e sintomas depressivos na idade adulta entre os participantes do estudo Vida e Saúde de Pomerode.
    Autor: Michele Zanella Orientador: Prof° Dr° Carlos Nunes
  • Comparação de métodos de estimativa do nível de atividade física em estudo populacional.
    Autora: Ana Lúcia Zemuner Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Relação da circunferência do pescoço com a força muscular relativa e os fatores de risco cardiovascular em pessoas ativas e sedentárias.
    Autora: Quelen Schutz Carvalho Bernardes Malafaia Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Atividade física e fatores associados em idosos: study of health in Pomerode - SHIP-Brazil
    Autora: Maiara Vargas Schmitt Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Desempenho funcional e estilo de vida de mulheres adultas e idosas: Estudo Vida e Saúde em Pomerode - SHIP-Brazil.
    Autora: Ana Paula Floriani Orientador: Profº Drº Clóvis Arlindo de Sousa
  • Polifarmácia e padrão de utilização de medicamentos em Pomerode, SC
    Ernani Tiaraju de Santa Helena Vanessa Cristina de Oliveira Jéssica de Oliveira Ramos Neves Clique aqui para acessar este artigo.
  • Análise longitudinal da qualidade dos exames laboratoriais em um estudo de base populacional
    Anna Cecília Roncalio Caroline Galgowski Mayra Alice Corrêa Leonardo André Lange Celina Noriko Yamanaka Tatiani Karini Rensi Caio Mauricio M. de Cordova Clique aqui para acessar este artigo.
  • Avaliação da qualidade e da estabilidade de amostras de soro humano para análise e armazenamento em biorrepositório
    Leonardo André Lange Caroline Galgowski Anna Cecília Roncalio Fabiana Sehnem Grabriela Borgmann Caio Mauricio Mendes de Cordova Clique aqui para acessar este artigo.
  • O gerenciamento de enfermagem em projetos de pesquisa interprofissionais: relato de experiência
    Laís Carolini Theis Cláudia Regina Lima Duarte da Silva Clique aqui para acessar este artigo.
  • Evaluation of a new equation for LDL-c estimation and prediction of death by cardiovascular related events in a German population-based study cohort
    Ernani Tiarajú de Santa Helena Caroline Galgowski Vitor Holmo Figueira Gabrielle Bortoli Setter Marcello Ricardo Paulista Markus Carsten Oliver Schmidt Henry Völzke Till Ittermann Clique aqui para acessar este artigo.
  • Adaptação de um inquérito alimentar a ser utilizado em um estudo longitudinal a partir do contexto sociocultural de uma população de colonização alemã
    Ana Carolina Da Rosa Bruna Schmitz Graciella Chiarelli João Luiz Gurgel Calvet da Silveira Maria Urania Alves Luciane Coutinho de Azevedo Campanella Clique aquipara acessar este artigo.
  • Colonização por MRSA no projeto piloto do estudo SHIP-Brasil
    Jéssica Cristina Feldhaus Tatiane K. R. Botelho Celina N. Yamanaka Alesandro Conrado S. Oiliveira João Gurgel C. Da Silveira Caio Mauricio Mendes de Cordova Clique aqui para acessar este artigo.
bottom of page